Navegação – Mapa do site

Ler na fronteira. As literaturas africanas de língua portuguesa em perspetiva comparada – até 20 de dezembro 2015

Organização: Fabrice Schurmans e Margarida Calafate Ribeiro

Prazo para envio dos artigos: 20 de dezembro 2015

Este número da e-cadernos ces pretende trilhar o caminho de uma crítica mais aberta ao diverso, uma crítica que não ignora as fronteiras, mas também não fica presa a elas. Como se verifica noutros contextos, muitos textos oriundos das Áfricas de língua portuguesa têm um significado local, migrando no entanto rapidamente para a “fronteira”, onde dizem algo de fundamental não sobre o ser moçambicano, angolano ou guineense, mas simplesmente sobre o ser humano. Neste sentido, um certo número de escritores contemporâneos inscreve-se no que se designa frequentemente por “Literatura-mundo”, designação na qual se reveem escritores das Caraíbas e das Áfricas que pertencem a uma literatura que, embora enraizada em contextos concretos, fala do ser humano, dos seus problemas fundamentais, circula, viaja e, ao fazê-lo, enfraquece a realidade das fronteiras nacionais na literatura. Esta noção, tal como o próprio ato de comparar, deveria idealmente ser objeto de reflexão crítica por parte das/dos autores/as que pretendam contribuir para o presente número.

Este número pretende, deste modo, contribuir para um novo capítulo no estudo das literaturas africanas de língua portuguesa. Do comparatismo de proximidade no seio da mesma língua, pretendemos passar ao comparatismo entre sistemas literários e entre línguas diferentes, de modo a evidenciar a maneira como as literaturas africanas escritas em português se articulam, ou se afastam, de outras práticas literárias africanas. Os artigos propostos deverão por conseguinte incidir na comparação entre o trabalho de um/a escritor/a africano/a de língua portuguesa e o trabalho de um/a ou mais escritor/as oriundo/as de outros contextos linguísticos africanos.

A e-cadernos ces é uma publicação online, com acesso livre, que se baseia num sistema de avaliação por pares e editada pelo Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Integra atualmente as seguintes bases: CAPES, EBSCO e Latindex. Para mais informações sobre a publicação consulte: http://eces.revues.org/.

Todos os textos devem ser submetidos na sua versão completa, em língua portuguesa, inglesa, francesa ou castelhana. Podem ter até 60 mil caracteres no máximo (com espaços), incluindo notas e referências bibliográficas. Para a secção final @cetera, podem ser apresentados outros textos (até 35 mil caracteres), entrevistas e debates (até 25 mil caracteres) ou recensões críticas inéditas (máximo 5 mil caracteres).

As normas detalhadas para submissão dos textos estão disponíveis em http://eces.revues.org/804. As mensagens devem ser enviadas para e-cadernos@ces.uc.pt e indicar explicitamente que se referem ao número temático em questão – “As literaturas africanas de língua portuguesa em perspetiva comparada”.

Todos os contributos estarão sujeitos a um processo de arbitragem científica.

  • Logo Centro de Estudos Sociais
  • Logo Universidade de Coimbra
  • Logo Universidade de Coimbra - Património Mundial em 2013
  • Logo Compete 2020
  • Logo Portugal 2020
  • Logo Fundos Europeus Estruturais e de Investimento
  • Logo Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • OpenEdition Journals