Navegação – Mapa do site

Editorial

José Guilherme Cantor Magnani

Texto integral

1A edição de número 9 da revista eletrônica do NAU, Ponto Urbe, apresenta na seção Artigos seis contribuições: a da prof. da ECA/USP Lúcia Maciel Barbosa que toma a feira Kantuta, ponto de encontro de imigrantes bolivianos na capital paulistana, para pensar a interculturalidade no contexto urbano contemporâneo; Urpi Montoya, da UFBA traz uma comparação entre Lima, no Peru e Rio de Janeiro dos começos do século XX, a partir de crônicas costumbristas e dos escritos de João do Rio; Mayara Gonzalez de Sá Lobato, do PPGAS/RJ, faz uma etnografia da praça Serzedelo Correia em Copacabana; Maristela Oliveira de Andrade e Adjane Araújo (Prodema/UFPB) investigam o sentido do lazer na prática do excursionismo, na praia; Gilberto Geribola Moreno (FE/USP) discute questões de gênero em espaços de lazer na periferia de São Paulo; Alexandre Paz Almeida (PPGS/UFPB) analisa sociabilidade num bairro popular de João Pessoa (PB).

2A seção Cir-kula, destinada a divulgar textos de outras áreas, mas em diálogo com a Antropologia, traz a contribuição de Sandra Siqueira da Silva (PPGDS/Unimontes) sobre patrimônio cultural material e imaterial, vistos do ponto de vista da ciência e do senso comum. Juliana Schmitt (PPGH/USP) traz um ensaio sobre a experiência urbana oitocentista, no contexto do surgimento da modernidade.

3Graduação em Campo: trata-se de uma seção que aparece na edição do segundo semestre da Ponto Urbe, pois destina-se a divulgar trabalhos de alunos de graduação que foram apresentados no evento Graduação em Campo, organizado pelo NAU. Neste ano foram selecionados seis: de Amanda Alves Migliora (UFRJ); Carolina Cordeiro Mazzariello (USP); Eduardo Doering Zanella (UFRGS); Felipe Brito Macedo (FGV); Fernanda C. Matos (UNIFESP); Lucas Bernasconi Jardim (UNICAMP).

4A seção Entrevista traz o depoimento (compilado por Lilian de Lucca Torres) do pesquisador e professor da UFRJ, antropólogo Peter Fry, quem fez a conferência de abertura do evento Graduação em Campo, em setembro de 2011.

5A seção Tradução, que vem despertando bastante interesse, por disponibilizar textos atuais, de bastante procura por alunos e professores, neste número traz mais um capítulo - “‘People like us’. The concept of the anatomically modern human”, do livro de Tim Ingold, The perception of the environment. Essays on livelihood, dwelling and skill. London and New York: Routledge, 2000, traduzido por Ciméa Beviláqua.

6A secção Etnográfica, aberta a curtos relatos de campo, apresenta uma boa variedade: “Visita ao Centro Cultural Jerusalém”, na sede da IURD, Rio de Janeiro, de Carlos Gutierrez; “Etnografia de uma escola brasileira no Japão”, de Alvaro Kanashiro; “Rua Augusta: Imaginários Urbanos em diálogo”, de Yara Schreiber Dines; “México sincrético”, de José Guilherme Magnani; “Setembro Azul: mobilização política nacional a favor das escolas bilíngües para surdos”, de César Assis Silva e Cibele Assensio e "Observações do não-observável: breve relato sobre o I Encontro Ayahuasca e o Tratamento da Dependência”, de Katerina Volcov, Henrique Antunes, Roberta Costa e Marcelo Mercante.

7E, por último, a secção Resenhas: A Era das Catedrais, de Edlaine Gomes, editora Garamond, por Carlos Gutierrez e Antropologia da Cidade, de Michel Agier, Editora Terceiro Nome, por Enrico Spaggiari.

8Prof. Dr. José Guilherme Cantor Magnani

9Editor

Topo da página

Para citar este artigo

Referência eletrónica

José Guilherme Cantor Magnani, « Editorial », Ponto Urbe [Online], 9 | 2011, posto online no dia 17 Abril 2014, consultado o 16 Dezembro 2017. URL : http://journals.openedition.org/pontourbe/1201

Topo da página

Autor

José Guilherme Cantor Magnani

Artigos do mesmo autor

Topo da página

Direitos de autor

© NAU

Topo da página
  • Logo Núcleo de Antropologia Urbana da USP
  • Logo Universidade de São Paulo
  • OpenEdition Journals