Navegação – Mapa do site

Estatuto editorial

A Revista Crítica de Ciências Sociais (RCCS), publicação científica fundada em 1978, é uma edição quadrimestral do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra. Publica artigos originais que apresentem resultados de investigação avançada e de reflexão teórica inovadora em todas as áreas das ciências sociais e das humanidades. A revista privilegia trabalhos com potencial transdisciplinar e que concorram para a discussão teórica, a reflexão epistemológica e o conhecimento crítico da realidade contemporânea à escala global. Acolhendo contributos relativos a todos os contextos geográficos, concede atenção particular a trabalhos que contribuam para a inovação teórica e epistemológica originária do Sul global.

A RCCS procura assumir um papel incontornável na promoção de epistemologias cívicas indutoras de reflexão, de práticas, de processos e de políticas públicas que promovam a justiça, a solidariedade e a emancipação social.

A revista publica em português, espanhol e inglês e edita números temáticos e não temáticos, estes últimos sendo confiados a investigadores/as credenciados/as das respetivas áreas de especialidade. Toda a colaboração é submetida a um exigente processo de seleção e revisão baseada em arbitragem científica em regime de duplo anonimato.

A aceitação dos artigos para publicação pauta-se por critérios de pertinência, interesse e qualidade científica, no respeito pela pluralidade de pontos de vista. A RCCS assume-se como independente de qualquer ordem ideológica, poder político ou económico, e orienta-se por critérios de rigor, isenção e honestidade.

Empenhada em assegurar os mais elevados padrões de ética na publicação, a equipa editorial da RCCS reuniu numa “Declaração de ética e de boas práticas na publicação” os princípios que defende para a revista, texto baseado no Código de Conduta e Normas de Boas Práticas para Editores de Revistas do Comité sobre Ética na Publicação – COPE, e disponível em http://rccs.revues.org/5760. Nesse texto definem-se as responsabilidades de todas as partes envolvidas no ato de publicação da RCCS, a saber do Diretor, do Conselho de Redação, dos/as organizadores/as convidados/as, dos/as autores/as, dos/as avaliadores/as e do Editor.

A Revista Crítica de Ciências Sociais é publicada em versão impressa e está também disponível em acesso aberto através da plataforma Revues.org, em http://rccs.revues.org/. Disponibiliza nestes dois suportes as “Normas para apresentação e publicação de artigos” e uma lista anual dos/as avaliadores/as na arbitragem científica dos artigos, provenientes de diversos países.

O reconhecimento dos elevados padrões de qualidade e rigor atingidos pela RCCS é percetível através da inclusão da revista em bases de indexação internacionais, tal como: Scopus, SciELO, Web of Science/Thomson-Reuters (através do SciELO Citation Index), CAPES-Qualis, ERIH Plus, Sociological Abstracts, International Bibliography of the Social Sciences, EBSCO, entre outras. A RCCS faz ainda parte da rede europeia Eurozine e está registada no Directory of Open Access Journals.

A equipa editorial da RCCS (cf. http://rccs.revues.org/110) compromete-se a cumprir a Lei da Imprensa e a orientar-se pelo cumprimento dos princípios deontológicos e da ética que regem a investigação científica, tal como referido ao longo deste Estatuto Editorial, assim como o respeito pela boa-fé dos leitores.

O Diretor da RCCS
José Manuel Mendes

  • Logo Centro de Estudos Sociais
  • Logo Universidade de Coimbra
  • Logo Universidade de Coimbra - Património Mundial em 2013
  • Logo Compete 2020
  • Logo Portugal 2020
  • Logo Fundos Europeus Estruturais e de Investimento
  • Logo Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • OpenEdition Journals