Navegação – Mapa do site

InícioApresentaçãoFluxo Editorial e Políticas de Av...

Fluxo Editorial e Políticas de Avaliação

As contribuições serão recebidas em fluxo contínuo e a pertinência para publicação será avaliada pela Comitê Editorial (no que diz respeito à adequação ao perfil e linha editorial do periódico) e por pareceristas ad hoc (no que diz respeito ao conteúdo e qualidade das contribuições), preferencialmente em regime de ciência aberta.

As contribuições serão avaliadas em três etapas: 1. triagem realizada pelo Comitê Editorial, inclusive utilizando o software anti-plágio Copyspider ou Turnitin; 2. avaliação por pares, em regime de ciência aberta, se autorizado. Em caso de não autorização, as propostas de publicação serão avaliadas em regime de duplo anonimato. Em caso de controvérsia e pareceres díspares, o texto será enviado a uma terceira parecerista; 3. revisão da versão final do artigo, se aprovado na revisão por pares, para conferência das mudanças realizadas, tendo em conta as avaliações recebidas. Caberá ao corpo de editoras do Anuário Antropológico a responsabilidade pela autorização das publicações. Às editoras é ainda dada licença para sugerir alterações às propostas na etapa da triagem como condição para que os textos sigam à revisão por pares.

Anexos aos artigos poderão ser publicadas as revisões elaboradas pelas pareceristas à primeira versão do texto, se assim autorizado por suas autoras.

Em que pese o desejável impacto de experiências etnográficas diversas na elaboração de narrativas antropológicas particulares, as editoras recomendam fortemente às autoras a presença dos seguintes elementos de comunicação nas peças submetidas à avaliação no AA: seções de introdução e conclusão. Na introdução, recomenda-se fortemente que se apresente às leitoras o objeto do texto, seu argumento central e as seções que o constituem (arquitetura do texto), antecipando de modo sintético o que será abordado em cada uma delas. Para a conclusão, recomenda-se a retomada do argumento central e dos passos realizados no texto para sua demonstração.

Quatro (04) são os resultados possíveis da avaliação a que as contribuições ao AA são submetidas: a) Publicar como está; b) Publicar considerando as sugestões indicadas no parecer; c) Não publicar como está, mas reformular substancialmente, conforme alterações recomendadas e reapresentar ao Anuário Antropológico; e d) Recusar inteiramente.

No último ano, o tempo médio entre a recepção e a publicação de um texto foi de 5,8 meses. A taxa de rechaço dos textos foi, por sua vez, de 27,50%. Para conhecer os critérios considerados na avaliação dos textos, consulte o formulário adotado pelo Anuário Antropológico, encontrado abaixo.

Documento anexo

Topo da página
Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search