Skip to navigation – Site map

Informação aos Autores

É pedido aos autores, como parte do processo de submissão, que verifiquem previamente o cumprimento dos seguintes pontos, podendo as submissões ser recusadas se não cumprirem as seguintes directrizes.

  • manuscrito está em formato editável, com uma dimensão máxima de 2 MB;

  • manuscrito não contém quaisquer elementos de identificação autoral/institucional;

  • A submissão não foi já publicada noutro local, e é produto do trabalho original dos autores identificados;

  • artigo não está a ser avaliado simultaneamente por outra publicação e não será submetido noutro local enquanto estiver sob avaliação da CCT;

  • texto cumpre os requisites estilísticos e bibliográficos indicados nas Directrizes aos Autores;

  • A submissão inclui uma versão em inglês do título, do resumo e das palavras-chave;

  • texto foi sujeito a verificação ortográfica e gramatical;

  • Todos os autores indicados leram o manuscrito e estão de acordo acerca da sua publicação.

Directrizes aos Autores

Os artigos submetidos para avaliação devem seguir as seguintes directrizes:

Por favor submeta uma versão editável do manuscrito (e.g. Ms word). A dimensão máxima dos ficheiros é 2mb. Para documentos mais pesados, por favor anexe ficheiros suplementares e/ou contacte a equipa editorial.

(1) Língua – Os artigos podem ser em português (NAO ou antiga grafia, desde que assegurada a consistência), inglês (Oxford spelling), francês, italiano e espanhol. É obrigatória a inclusão de uma versão em inglês do TÍTULO, RESUMO e PALAVRAS-CHAVE.

(2) Extensão – os artigos não devem exceder as 9000 palavras, incluindo figuras, notas de rodapé e bibliografia.

(3) Fonte – 12-point Times New Roman; espaçamento (1.5 linhas); negrito e itálico, evitando o sublinhado (excepto endereços URL).

(4) Figuras – os quadros, gráficos, e imagens devem ser colocados imediatamente a seguir ao parágrafo em que são referidos pela primeira vez. Devem respeitar a fonte definida (3) e, tanto quanto possível, serem editáveis.

(5) Identidade dos autores – Não pode haver qualquer referência – explícita ou nas propriedades dos documentos – à identidade dos autores e suas afiliações.

(6) Título – Evitar caps, itálicos e sublinhados. Fornecer tradução inglesa do título, além da língua original.

(7) Resumo – Máximo de 250 palavras.

(8) Palavras-chave – 3 a 6 palavras-chave.

(9) URL – todos os endereços URL devem estar funcionais e remeter para páginas activas.

(10) Permissões – os autores devem obter autorização previa para a reprodução de conteúdos sob o abrigo de direitos de autor.

(11) Estilo e referências bibliográficas

Apenas e todas as referências citadas ao longo do texto devem estar listadas na bibliografia final, com as respectivas hiperligações e datas de acesso, por ordem alfabética do apelido do primeiro autor.

  • (11.1) No texto

(Luhmann, 1992: 64-65)

  • (11.2) Livro de um só autor

Luhmann, N. (1992), The Differentiation of Society, New York: Columbia University Press.

  • (11.3) Livro em co-autoria

Fitoussi, J-P., Rosanvallon, P. (1996), Le nouvel âge des inégalités, Paris: Éditions du Seuil.

  • (11.4) Capítulos de livros

Pollitt, C. (2000), “How We Know How Good Public Service Are?”, in B. G. Peters, D. Savoie (Eds.), Governance in the Twenty-first Century. Revitalizing the Public Service, Montreal & Kingston: McGill-Queen’s University Press, pp. 17-32.

  • (11.5) Artigos em revistas

Almeida, V. (2001), “O Estado, a economia e as despesas públicas em Portugal 1974-2000”, Revista de Administração e Políticas Públicas, II (2), pp. 189-212.

  • (11.6) Artigos em revistas digitais

Boughton, J. (2002), “The Bretton Woods proposal: An in depth look”, Political Science Quarterly, XLII (6), pp. 564-578.
Available at:
http://www.pol.upenn/articles, viewed on 20-11-2018.

  • (11.7) Comunicação oral

Oliveira, J.F. (2002), “Os modelos de policiamento e as políticas de segurança: A emergência do policiamento de proximidade”, paper presented in the II Meeting Administração e cidadania – Modernização dos serviços públicos, ISCTE, 23-24 May 2002, Lisbon.

  • (11.8) Tese de doutoramento/ Dissertação de mestrado

 Ferraz, D. (2008), A selecção de dirigentes públicos no contexto da evolução de Estado e de Administração: Contributos para uma definição de uma política integrada, Dissertação de Mestrado em Administração e Políticas Públicas, Lisboa, ISCTE.

  • (11.9) No caso de publicações com várias edições, é necessário indicar a primeira data de publicação (eg.: Luhman, N. (1992; 2002))

Direitos de Autor

A CIDADES, Comunidades e Territórios, do DINÂMIA’CET-IUL, está ao abrigo de uma licença Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Proibição de realização de Obras Derivadas 4.0 Unported.

Para obter permissões além desse âmbito, por favor contacte a assistência editorial através de cidades.dinamiacet[at]iscte-iul.pt.

Declaração de Privacidade

De acordo com o Regulamento Geral de Protecção de Dados 2016/679, a CIDADES, Comunidades e Territórios, através da sua instituição editora, o DINÂMIA’CET-IUL, Instituto Universitário de Lisboa, age de forma a preservar os dados pessoais partilhados.

Os nomes e endereços indicados na revista serão utilizados exclusivamente para os objectivos declarados da CCT e não serão divulgados para outros fins ou a terceiros.

Os dados não serão transmitidos, seja em que circunstância for, sem o consentimento expresso do autor.

Os dados serão protegidos com medidas de natureza técnica e organizacional de modo a garantir a segurança da informação pessoal e impedir a sua modificação, perda, processamento ou acesso de modo não autorizado.

  • Logo DINÂMIA’CET – Centre for Socioeconomic and Territorial Studies
  • Logo ISCTE-IUL – Instituto Universitário de Lisboa
  • Logo FCT – Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • Logo Latindex
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • OpenEdition Journals