Navigation – Plan du site
Resenhas

Arenas Amazônicas

Arènes amazoniennes
Amazonian arenas
Confins

Texte intégral

1A  série Arenas Amazônicas é um projeto em três volumes que trata de várias formas de resistências das populações da Amazônia, uma coleção de narrativas jornalísticas que trata das Amazônia (s) profundas, das quebradas desconhecidas da maioria dos brasileiros.

2Os dois primeiros volumes da série podem ser baixados no link https://rogerioalmeidafuro.blogspot.com.br/​

3O primeiro volume enfocou as formas de ações de movimentos negros nas periferias de Belém em diversos campos: política, cultura e mulheres. O segundo tomo trata de lutas das populações locais e suas formas de enfrentamento aos grandes projetos, enquanto o terceiro tem a ambição de tratar sobre a comunicação popular. As diferentes formas de enfrentamentos e resistências das populações locais constitui a coluna dorsal da iniciativa. 

Os autores

4Daniel Leite - formado em Comunicação Social – Jornalismo, com pós-graduação em Mídia, Informação e Cultura pelo Centro de Estudos La- tino-Americanos em Comunicação e Cultura da Universidade de São Paulo (USP), mas também é escritor e compositor.

5Lilian Campelo - paraense de Belém. Graduada em Comunicação So- cial pela Universidade da Amazônia - Unama/PA. É Especialista em Gestão de Conteúdo em Comunicação pela Metodista/SP e trabalha como corres- pondente na região Norte para o site Brasil de Fato.

6Rogerio Almeida - maranhense de São Luís/MA. Graduado em Co- municação Social pela UFMA. É especialista e mestre em Planejamento do Desenvolvimento pelo NAEA/UFPA. É doutorando

Volume 1

Sumário

  • Rua dos Pretos.O Maranhão dentro de Belém

  • Terra Firme.Um quilombo urbano em Belém

  • Amazônia - Jovens da Região Metropolitana de Belém usam a cultura como forma de ação política

  • A Amazônia é “Coisas de Negro”: rodas de carimbó contam uma parte da (re) existência cultural no Distrito de Icoaraci

  • Amazônia – Mulheres negras protagonizam a luta popular

  • Coletivo Rádio Cipó – A inquietação cultural na quebrada da Amazônia

  • Ditadura na Amazônia – Hecilda Veiga e a memória de uma mulher do front

Volume 2

Sumário

  • Amazônia - projetos de mineração da Vale pressionam territórios quilombolas no Maranhão e Pará

  • Marajó – mundo de águas, açaizais e escravidão

  • Empate no Jari

  • Mineração no Xingu – a batalha entre a canadense Belo Sun e os garimpeiros da ressaca

  • Amazônia(s): entre grilagem de terras, desmatamento, resistências e possibilidades

  • Mundo fundiário no Xingu: entre o caos, rios, rodovias, hidrelétricas, mineração e incertezas

  • Barcarena: uma ilha na amazônia marcada por grandes projetos, crimes ambientais e pobreza

  • Ferrovia de Carajás. Os meninos do trem da Vale – filhos da precisão

  • Como uma muralha

Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « Arenas Amazônicas », Confins [En ligne], 36 | 2018, mis en ligne le 06 juillet 2018, consulté le 18 novembre 2018. URL : http://journals.openedition.org/confins/14712

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

Licence Creative Commons
Confins – Revue franco-brésilienne de géographie est mis à disposition selon les termes de la licence Creative Commons Attribution - Pas d’Utilisation Commerciale - Partage dans les Mêmes Conditions 4.0 International.

Haut de page
  • Logo Revue soutenue par l’Institut des sciences humaines et sociales du CNRS
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Logo Index Latindex
  • Logo IHEAL (Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine)
  • Logo CREDA (Centre de recherche et de Documentation sur les Amériques)
  • Logo USP (Universidade de São Paulo)
  • OpenEdition Journals