Navigation – Plan du site

Éditorial do número 501 – Confins/Outre Terre

Editorial du numéro 501 – Confins/Outre Terre
Editorial of issue 501 – Confins/Outre Terre
Hervé Théry et Neli Aparecida de Mello-Théry

Texte intégral

  • 1 Numerado 501 para indicar que é o primeiro de uma nova série, diferente da série iniciada em 2007, (...)

1Esta primeira edição especial1 de nossa revista é formada por traduções da maioria dos artigos da edição 56 da revisão de geopolítica Outre Terre, dirigida por Michel Korinman. Ele nos fez a honra e a confiança de coordenar uma edição de sua revista dedicada ao Brasil em um momento importante de mudança em sua história recente, a eleição para a Presidência da República de Jair Bolsonaro.

2Escolhemos desde o início, com Michel Korinman, produzir logo após o lançamento da edição de Outre Terre, um “número espelho” em português, para disponibilizar seu conteúdo para leitores brasileiros que não leem francês. Pensamos que seria útil o acesso, em seu idioma, às análises de seu país produzidas por um grupo de cientistas brasileiros e franceses que o estudam há muitos anos.

3Deixamos de lado apenas alguns artigos que nada acrescentariam aos leitores brasileiros, ou mais circunstanciais (como aquele sobre o incêndio que atingiu a catedral de Notre-Dame de Paris em 15 de abril de 2019, em paralelo ao que devastou o Museu Nacional em 2 de setembro de 2018), ou que pertenciam a contribuições recorrentes na revista Outre Terre, mas não na Confins, como aquelas solicitadas a um psicanalista ou a um/a jornalista.

4Os artigos desta edição foram solicitados a colegas brasileiros/as e franceses/as, escritos principalmente entre janeiro e fevereiro de 2019, nas primeiras semanas do mandato do novo presidente. Eles foram traduzidos para o francês (aqueles originalmente escritos em português), tanto por colegas franceses quanto pelos próprios autores, quando os mesmos dominam suficientemente o idioma de Molière. O número foi então diagramado na ilha Maurícia (por um Suíço) e publicado na Grã-Bretanha na editora Ghazipur2 (por um Maurício que vive no Canadá). Vivemos cada dia mais em um mundo globalizado ....

O conteúdo do número

5O número inicia com o texto Michel Korinman, “Estrela cadente”, que lembra um dos primeiros episódios da presidência de Jair Bolsonaro, a fuga e a apreensão de Cesare Battisti, que até então beneficiava da proteção de Lula, mas que sentiu rapidamente que a atmosfera havia mudado no Brasil, especialmente em suas relações com os Estados Unidos e seus vizinhos de língua espanhola (incluindo a Venezuela) e com os países do grupo “Brics”.

6Dois artigos sintéticos colocam a situação brasileira em perspectiva no tempo: “O Brasil enfrenta um futuro incerto”, de Paul Claval (traduzido por Mateus de Almeida Prado Sampaio) e “Quo vadis Brazil? Quais são as perspectivas econômicas de um gigante enfermo?” por Pierre Salama (traduzido por Aniel Lima dos Santos).

  • 3 A escolha das duas fotos principais que aparecem na capa da edição (junto com uma pequena imagem re (...)

7Os dois artigos a seguir revisitam a eleição de Jair Bolsonaro, “Análise cartográfica da eleição presidencial de 2018”3, de Hervé Théry e “Intronização de um 'Trump tropical'” de Marion Aubrée, que analisa a dimensão religiosa, com o peso do voto evangélico.

8Em seguida, vêm textos que discutem alguns dos principais problemas enfrentados pelo novo governo, “A criminalidade, problema n°1”, de Bruno Racouchot (traduzido por Daniel Coelho), “O governo Bolsonaro contra os Povos Indígenas: as garantias constitucionais postas à prova”, de François-Michel Le Tourneau, “O Brasil em face aos conflitos e violências agrárias”, de Eduardo Paulon Girardi, “Perspectivas ambientais 2019: retrocessos na política governamental”, de Neli Aparecida de Mello-Théry e “O novo governo e a Amazônia: desproteção ambiental e privatização de terras públicas”, de Paulo Roberto Cunha.

9Quatro artigos são dedicados às regiões periféricas do país, Nordeste e Amazônia, “O Nordeste desconstruído ou reconstruído?”, de Eustógio Wanderley Correia Dantas, “Justiça espacial”, de Bernard Bret, “As rodovias na Amazônia: uma discussão geopolítica” de Thiago Oliveira Neto e “O Entorno estratégico do Brasil nas Guianas: desafios à gestão do presidente Jair Bolsonaro em três temas” De Gutemberg de Vilhena Silva e Eliane Superti.

10Na Amazônia ainda, a ênfase é colocada em um ponto específico, a construção de grandes barragens, com “De Geisel à Bolsonaro, 50 anos de resiliência dos projetos hidrelétricos da Amazônia”, de Céline Broggio e Martine Droulers, e – sublinhando o lado estratégico deste equipamento – o breve texto de Lucas Coutinho Marcelino da Silva, “A pressão chinesa sobre o setor elétrico brasileiro”.

11Por fim, Laurent Vidal conclui com “Brasil, país da espera” (tradução de Higor Mozart Geraldo Santos) que coloca na perspectiva histórica a conjuntura do momento em que esse número foi escrito e onde o país – e o mundo – esperavam para saber o que o novo presidente e seu governo fariam: quando esta edição estiver publicada (outubro de 2019), suas principais opções apareceram e confirmam as análises feitas pelos autores dos artigos aqui reunidos.

12Boa leitura a todas e todos

Haut de page

Notes

1 Numerado 501 para indicar que é o primeiro de uma nova série, diferente da série iniciada em 2007, que neste momento chegou ao número 41.

2 Está disponível online e pode ser adquirido no URL https://www.ghazipur-publications.com/Outre-Terre_r22.html e https://www.cairn.info/revue-outre-terre.htm

3 A escolha das duas fotos principais que aparecem na capa da edição (junto com uma pequena imagem representativa de cada artigo) está ligada aos resultados da eleição: Santa Catarina (imagem de baixo) e Piauí (imagem superior) são os estados onde Jair Bolsonaro teve, respectivamente, sua melhor e pior pontuação na eleição presidencial

Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Hervé Théry et Neli Aparecida de Mello-Théry, « Éditorial do número 501 – Confins/Outre Terre », Confins [En ligne], 501 | 2019, mis en ligne le 08 octobre 2019, consulté le 21 octobre 2019. URL : http://journals.openedition.org/confins/22669

Haut de page

Auteurs

Hervé Théry

Articles du même auteur

Neli Aparecida de Mello-Théry

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

Licence Creative Commons
Confins – Revue franco-brésilienne de géographie est mis à disposition selon les termes de la licence Creative Commons Attribution - Pas d’Utilisation Commerciale - Partage dans les Mêmes Conditions 4.0 International.

Haut de page
  • Logo Revue soutenue par l’Institut des sciences humaines et sociales du CNRS
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Logo Index Latindex
  • Logo IHEAL (Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine)
  • Logo CREDA (Centre de recherche et de Documentation sur les Amériques)
  • Logo USP (Universidade de São Paulo)
  • OpenEdition Journals