Navigation – Plan du site

AccueilLa revue ConfinsNormas para publicação

Normas para publicação

Recommandations aux auteurs
Recommendations to authors

Normas

A revista eletrônica Confins recebe textos de autores que, por sua própria iniciativa, apresentam trabalhos para avaliação ou de autores convidados. Podem em ser propostos dossiês, artigos, resenhas, registros de pesquisa, homenagens, mapas e imagens comentados.

A revista publica artigos originais ou traduções do português para o francês e vice-versa, artigos que deseja levar ao conhecimento de seus leitores que não têm acesso ao idioma original.

Todos os textos conformes às normas são encaminhados a três avaliadores, de duas nacionalidades diferentes e a um membro do comitê júnior, para análise e apreciação de mérito. Quando os pareceres chegarem à redação, um parecer sintético é transmitido aos autores, que têm um mês para implementar as recomendações do comitê, redigir uma segunda versão e carregá-la no sistema de avaliação

É recomendado que o texto dos artigos esteja de aproximadamente 30.000 caracteres (com espaços, inclusive títulos, palavras-chave, resumos, bibliografia e notas de rodapé). Os textos que representam um volume superior à 50.000 caracteres com espaços serão retornados ao(s) seu(s) autor(es) sem exame pelo Comitê de leitura.

Ao submeter o texto à Confins, o autor garante que seu artigo é original e não foi ou não está submetido a nenhum outro periódico.

Os projetos de artigos devem ser submetidos por via eletrônica no endereço seguinte: http://journals.sfu.ca/confins/index.php/confins/author/submit/1

Pode ser feito em português ou francês, a primeira linha do formulário permite escolher o idioma. Ao seguir este procedimento os autores indicam no formulário a sua função, afilhação, endereço eletrônico, e número Orcid, e dão a autorização de publicar os textos após avaliação e correções.

Os artigos devem ser acompanhados de três resumos (máximo de 2.000 caracteres) em francês, português e inglês (para facilitar a indexação nas bases de dados bibliográficas, das quais as principais são anglófonas), de três a cinco palavras-chave temáticas em francês (mots-clés), português (palavras chave) e inglês (keywords), em minúsculas e separadas por vírgulas, e uma geográfica (localização). O título deve também ser-lhe traduzido nos mesmos idiomas, em letras minúsculas, com apenas a letra inicial em maiúscula: escrever em letras maiúsculas é um remanescente do tempo da máquina de escrever, existem agora outras formas de colocar um texto em valor SEM DAR A IMPRESSÃO DE BERRAR.

Os idiomas de publicação são o português e o francês, possivelmente o espanhol e o inglês (neste último caso, uma tradução em português ou francês deve ser fornecida, ambas serão publicadas em paralelo).

Nós recomendamos fortemente fazer verificar as traduções por uma pessoa cuja língua materna seja o inglês, o francês ou o português.

O uso de ilustrações (mapas, gráficos e fotografias) é altamente recomendável, não apenas porque “arejam” o texto, mas também porque, principalmente no caso dos mapas, fazem parte do raciocínio geográfico e dão suporte a ele. Cada uma só conta como um caráter no total autorizado.

Elas devem ser mandadas na sua forma definitiva, em formato.jpeg em alta resolução (300 dpi) e ser anunciadas no texto e numeradas com a ordem em que aparecem ( imagem 1, 2, 3 / mapa 1, 2, 3 / gráfico 1, 2, 3) com o título da figura acima da imagem (nunca integrada nela), a legenda ou comentários e a fonte abaixo dela.

- As imagens devem ser inseridas no corpo do texto e numeradas na ordem de aparição (exemplo: imagem 1, 2, 3 / mapa 1, 2, 3 / gráfico 1, 2, 3). Não devem ser ancoradas, apenas incluídas no texto, no formato .jpg com a melhor definição possível (300 dpi de preferência).

- Os títulos de figuras e tabelas devem estar localizados no texto acima da imagem e a fonte abaixo dela, bem como a legenda ou qualquer comentário. Os títulos devem ser sucintos e expressos em uma única frase que, preferencialmente, ocupe o espaço máximo de uma linha. Outros detalhamentos podem ser incluídos nas legendas das imagens.

- Não incluir imagens justapostas. Se desejar/em publicar um grupo de imagens, agrupe-as em um software gráfico e inclua-as como uma única imagem, em formato .jpg ou .png, de modo a não causar problemas à diagramação. Neste caso, uma legenda deve indicar o conteúdo de cada imagem, localizando-as em sequência numeral (1, 2, 3, 4) com numeração individual marcada na figura.

Os quadros e tabelas devem ser inseridos no corpo do texto, numerados na ordem de aparição (tabela ou quadro 1, 2, 3). Se são complexos e devem aparecer exatamente como estão na proposta de artigo, fazer uma cópia da tela (em boa definição) e incluí-la no texto como imagem.

Notas de rodapé devem ser limitadas às indispensáveis, apenas comentários explicativos, e inseridas no fim da página, não no final do texto. Notas contendo traduções devem localizar a obra de referência e apontar se se trata de tradução livre elaborada pelo autor. Nestes casos deve-se também limitar às estritamente indispensáveis.

Citações com menos de três linhas devem ser inseridas no texto, entre aspas. Citações com mais de três linhas são apresentadas, entre aspas, com recuo maior e em um corpo menor, com a página corresponde. (Exemplo: Le Goff, 1980, p. 134).

As referências bibliográficas são mencionadas no texto entre parênteses, com apenas indicações do nome do autor e da data de publicação (Exemplo: Costa, 2003). Não utilize letras capitais / caixa alta para as referências (Exemplo: Costa, 2003 e não COSTA, 2003).

Todas estas referências serão incluídas na bibliografia de fim de artigo, que deve ser completo, na ordem alfabética dos autores (menção et alii a partir de cinco autores). Ver os exemplos abaixo.

Por se tratar de uma revista franco-brasileira, Confins é muito procurada, nos motores de pesquisa, por leitores em busca de conteúdo em língua francesa e portuguesa. Desta forma, os resumos em português (para artigos em francês) e os résumés em francês (para artigos em português) são de extrema importância, pois permitem aos leitores da outra língua acesso ao conteúdo geral do texto. Desta forma, sua elaboração deve passar por revisão profissional extremamente cuidadosa e detalhada. Não serão admitidos resumos diretamente oriundos de tradutores eletrônicos e/ou que não apresentem boa qualidade linguística. O não atendimento criterioso deste item impedirá a publicação do artigo, mesmo após entrega da segunda versão.

No geral, manter o layout tão simples quanto possível. Ele será refeito segundo as normas da plataforma OpenEdition e qualquer ambiguidade pode prejudicar seu artigo: facilitar a nossa tarefa aumenta suas chances de ter uma diagramação que valorize o seu trabalho.

Mesmo que aprovados em todas as etapas de avaliação, textos que não atendam tais indicações não poderão ser publicados, até que as regras acima sejam incorporadas.

Grade de avaliação

Os avaliadores usam a seguinte grade para a análise dos artigos:

1. O texto é resultado de pesquisa original?

2. Traz novos conhecimentos claramente identificados?

3. O texto leva em consideração os impactos sociais, positivos e negativos dos fenômenos que analisa?

4. O texto é conciso e organizado?

5. A metodologia é explícita e apropriada?

6. Os resultados são apresentados adequadamente? As conclusões são justificadas pelos dados?

7. A linguagem é correta?

8. As tabelas são precisas e suficientes? As figuras são legíveis e expressivas? Em número suficiente?

9. As citações e referências são suficientes e estão corretas?

10. O resumo, o résumé e o abstract estão presentes e contêm os fatos relevantes?

11. Título e palavras-chaves (em três idiomas) são adequados?

Assegurando a Avaliação Cega por Pares

Para assegurar a integridade da avaliação por pares cega, para submissões à revista, deve-se tomar todos os cuidados possíveis para não revelar a identidade de autores e avaliadores durante o processo. Isto exige que autores, editores e avaliadores (que podem enviar documentos para o sistema, como parte do processo de avaliação) tomem algumas precauções com o texto e as propriedades do documento:

  1. Os autores do documento excluirão do texto nomes, substituindo com "Autor" e o ano em referências, notas de rodapé e fontes de ilustrações, em vez de nomes de autores, título do artigo, etc.

  2. Quando mandar documentos anotados no Microsoft Office, a identificação do autor deve ser removida das propriedades do documento (no menu Arquivo > Opçoes > Geral). Sustituir o seu nome por "Avaliador" e a sua iniciais por "A1". Após gravar o arquivo, voltar ao estado inicial.

Image 100000000000034300000207D32F4147C6B50BAE.jpg

Normas bibliográficas

O OpenEdition oferece um serviço de inserção automática de DOI se as bibliografias de fim de artigo forem escritas corretamente. A inserção é bem feita se o nome do autor e o título forem indicados e precedem as demais informações bibliográficas.

Este trabalho é realizado automaticamente pelo robô, as referências bibliográficas são indexadas se encontrar os nomes dos autores. Porém, naquelas em que se usa um traço comprido no lugar do nome do autor, não há indexação DOI, pois o robô não consegue encontrar as principais informações: autor e título.

Conforme indicado no aviso disponível em http://www.maisondesrevues.org/680

“O software rotula referências bibliográficas e identifica o primeiro autor e o título. Isso permite que ele extraia as informações para poder consultar o mecanismo de pesquisa da CrossRef, agência oficial de registro do Identificador de Objeto Digital (DOI, literalmente "identificador de objeto digital"), cujo banco de dados contém milhões de referências científicas”.

Portanto, não se solicita nenhuma estrutura específica, exceto a presença, nesta ordem, do nome do autor (repetido se necessário, se o mesmo autor for citado várias vezes) e o título, seguido de outras informações, o que é a estruturação da maioria dos padrões de referência bibliográfica. Na medida do possível, indique o URL e a data de acesso.

Livros

Brunet R., Ferras R., Théry H., Les Mots de la géographie. Dictionnaire critique. Paris/Montpellier, La Documentation Française/RECLUS, coll. « Dynamiques du territoire », 520 p., 1993.

Capítulos de livros

Costa, W. M. da, “Crise da integração e tendências geopolíticas na América do Sul” In Costa, W. M. da e Vasconcelos, D. B. (org.), Geografia e geopolítica da américa do sul: integrações e conflitos. São Paulo : FFLCH/USP, 2019.

Artigos de revistas

Fulgence, G., « Fontaines de Paris », Confins [Online], 40 | 2019, posto online no dia 17 maio 2019, URL : http://journals.openedition.org/confins/19226

Teses et dissertações

Tozato, H. de C., Conséquences des changements climatiques sur la diversité biologique des zones humides : une analyse de politiques publiques et de gestion au Brésil et en France, Thèse de doctorat en Géographie Sous la direction de Vincent Dubreuil et de Neli de Mello-Théry, Soutenue le 02-06-2015 à Rennes 2 en cotutelle avec l'Universidade de São Paulo (Brésil), https://www.theses.fr/2015REN20019#

Congressos

Cedro, P. E. “El caso del Mercosur”, In : Congresso Europeo de Latinoamericanistas, 1, Salamanca, 1997.

Artigos de imprensa

Gullar, F. “Pesadelos”. Folha de S .Paulo, São Paulo, 21.5.2006. p. E14., https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq2105200629.htm

Publicações eletrônicas

Théry, H., Mello-Théry, N. A. de, Girardi, E. P., Hato, J., Atlas do trabalho escravo no Brasil, Amigos da Terra Amazônia, 2012, 82 p., http://amazonia.org.br/wp-content/uploads/2012/04/Atlas-do-Trabalho-Escravo.pdf (indicar data de acesso)

Annexe

Publication Ethics and Malpractice Statement

1. Editorial Board

- Confins has an editorial boards or other governing bodies whose members are recognized experts in the field. The full names and affiliations of the members are provided on the journal’s Web site.

- Confins provides contact information for the editorial office on the journal’s Web site.

2. Authors and Authors responsibilities

- No fees or charges are required for manuscript processing and/or publishing materials in the journal

- Authors are obliged to participate in peer review process if required

- All authors have significantly contributed to the research.

- All authors are obliged to provide retractions or corrections of mistakes.

- All authors are obliged to provide list of references and to mention financial support.

- All authors are forbidden to publish same research in more than one journal.

3. Peer-review process

- All of Confins content are subjected to peer-review, defined as obtaining advice on individual manuscripts from reviewers’ expert in the field, as clearly described on the journal’s Web site.

- Judgments should be objective, reviewers should have no conflict of interest and should point out relevant published work which is not yet cited.

- Reviewed articles should be treated confidentially.

4. Publication ethics

- Publishers and editors shall take reasonable steps to identify and prevent the publication of papers where research misconduct has occurred.

- In no case shall Confins or its editors encourage such misconduct, or knowingly allow such misconduct to take place.

- In the event that Confins publisher or editors are made aware of any allegation of research misconduct the publisher or editor shall deal with allegations appropriately.

- Confins has guidelines for retracting or correcting articles when needed.

- Publishers and editors are always willing to publish corrections, clarifications, retractions and apologies when needed.

5. Copyright and Access

- Copyright and licensing information are clearly described on the journal’s Web site.

- The way(s) in which the journal and individual articles are available to readers and whether there are associated subscriptions, is stated.

6. Archiving

- Confins plan for electronic backup and preservation of access to the journal content in the event a journal is no longer published is clearly indicated, as part of OpenEdition portal

7. Ownership and management

- Information about the ownership and/or management of a journal are indicated on the journal’s Web site.

- Publishers do not use organizational names that would mislead potential authors and editors about the nature of the journal’s owner.

8. Web site

- Confins’s Web site, including the text that it contains, demonstrates that care has been taken to ensure high ethical and professional standards.

9. Publishing schedule

- The periodicity at which Confins publishes is clearly indicated.

10. Name of journal

- Confins’s name is unique and not easily confused with another journal or that might mislead potential authors and readers about the Journal’s origin or association with other journals

Haut de page
  • Logo Revue soutenue par l’Institut des sciences humaines et sociales du CNRS
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Logo Index Latindex
  • Logo IHEAL (Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine)
  • Logo CREDA (Centre de recherche et de Documentation sur les Amériques)
  • Logo USP (Universidade de São Paulo)
  • OpenEdition Journals
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search