Navigation – Plan du site

AccueilNuméros60Imagens comentadasO banquete dos prefeitos de 1900

Imagens comentadas

O banquete dos prefeitos de 1900

Le banquet des maires de 1900
The 1900 mayors' banquet
Confins

Résumés

Le « Banquet des maires » qui se tint à Paris le 22 septembre 1900, à l'occasion de l'exposition universelle de 1900, en a rassemblé plus de 22 000 sur les plus de 36 000 communes que comptait alors la France. Ce banquet grandiose a été un évènement marquant, par son ampleur, par la date choisie, par sa symbolique politique et républicaine. Ce n’est pas par hasard qu’il a pris la forme d’un banquet car, comme chacun sait, en France les grands évènements se fêtent à table : décidément en France la gastronomie est chose sérieuse, et fait partie intégrante de son patrimoine.

Haut de page

Entrées d’index

Index géographique :

Paris
Haut de page

Texte intégral

1De 13 de abril a 16 de julho de 2023, o Centre des Monuments Nationaux apresentou a exposição “Paris, capital da gastronomia, da Idade Média até os dias de hoje” na Conciergerie de Paris. A exposição reuniu obras de arte, manuscritos, iluminuras, cardápios originais, vídeos e fotografias de grandes instituições francesas, incluindo o Museu do Louvre, a Biblioteca Nacional da França, o Museu Carnavalet, o Château de Fontainebleau, o Museu Nacional do Renascimento em Ecouen, a Bibliothèque historique de la Ville de Paris e várias coleções particulares.

2Entre outros momentos importantes da história da gastronomia, a exposição relatou o “Banquet des maires” (Banquete dos Prefeitos) realizado em Paris em 22 de setembro de 1900, para o qual foram convidados todos os prefeitos da França. O evento foi organizado por iniciativa do Presidente da República, Émile Loubet, e do Primeiro-Ministro, Pierre Waldeck-Rousseau, para coincidir com a Exposição Universal de 1900, realizada em Paris de 14 de abril a 12 de novembro. A data de 22 de setembro foi escolhida por ser o aniversário da Proclamação da República em 1792, 108 anos antes.

  • 1 Adolphe Démy, Essai historique sur les expositions universelles de Paris, Paris, A. Picard et fils, (...)

3Como havia mais de 36.000 municípios na França na época, convidar todos os seus prefeitos foi uma atitude ousada, mas o objetivo foi quase alcançado, com 22.965 deles aceitando o convite. É certo que esse número é controverso, com algumas fontes indicando até 29.000 convidados, mas o número de convidados deve ser diferenciado do número de prefeitos presentes. De acordo com Adolphe Démy (1907, p. 645): “Havia 22.278 convidados, incluindo 20.777 prefeitos” 1, o que - convenhamos - já é um resultado muito bom.

Figura 1 O banquete dos prefeitos

Figura 1 O banquete dos prefeitos

Illustração d’Ines et Méaulle, https://fr.wikipedia.org/​wiki/​Banquet_des_maires_de_1900

  • 2 Annegret Fauser, Musical encounters at the 1889 Paris World's Fair, Rochester (New York), Universit (...)

4Banquetes gigantescos desse tipo datam da Segunda República, quando eram organizados por oponentes à “Monarquia de Julho”. Tornou-se um costume menos hostil durante a Terceira República, como o banquete realizado em 14 de julho de 1888, quando o recém-eleito presidente Sadi Carnot ofereceu um banquete a todos os prefeitos das e das capitais de arrondissement e de cantons, e cerca de 4.000 convidados aceitaram o convite. Houve também um banquete em 13 de julho de 1898, oferecido aos prefeitos das principais cidades da França em homenagem ao centenário do historiador Michelet. Ou o banquete de 18 de agosto de 1889, conhecido como o Banquete do Centenário, oferecido pela Prefeitura de Paris por ocasião do centenário da Revolução Francesa, quando 11.182 prefeitos se reuniram no Palais de l'Industrie durante a Exposição Universal de Paris de 18892.

Organização

5Para o banquete de 1900, duas enormes tendas ligadas por tendas perpendiculares foram instaladas nos jardins das Tulherias. Foram montadas 700 mesas, cada uma com 10 metros de comprimento e capacidade para 32 a 36 comensais, totalizando sete quilômetros de mesas. As quantidades de equipamentos necessários foram na mesma escala enorme: 10 km de toalhas de mesa, 125.000 pratos, 55.000 garfos, 55.000 colheres, 60.000 facas e 126.000 copos. Seis bicicletas foram fornecidas para transmitir rapidamente as ordens de serviço e um carro (um De Dion-Bouton 4 CV) permitiu que os organizadores se deslocassem entre as mesas.

6As provisões feitas para essa refeição também foram impressionantes: 2 toneladas de salmão, 1.430 faisões, 2.500 frangos, 1.200 litros de maionese, 10.000 pêssegos, 1.000 kg de uvas, 3.000 litros de café. Cerca de 3.000 pessoas foram empregadas na cozinha e no serviço: 11 chefs, 400 cozinheiros, 2.150 maîtres d'hotel e 50 atendentes de vestiário.

O programa

7Um dos objetos que melhor comemorou esse dia na exposição da Conciergerie foi o programa do dia fornecido aos convidados (Figuras 2 e 3). Ele é marcado com o brasão tricolor RF (République Française) emoldurado por medalhões de brasões e traz a inscrição “Exposition Universelle” na parte superior. No lado esquerdo está o cardápio da refeição e no lado direito está o programa das festividades que ocorreram ao mesmo tempo no salão de festas.

Figura 2 O programa, o cardápio do banquete e o programa das festividades

Figura 2 O programa, o cardápio do banquete e o programa das festividades

https://fr.wikipedia.org/​wiki/​Banquet_des_maires_de_1900

8O cardápio do banquete, detalhado no programa, era o seguinte:

9- Aperitivos

10- Bifes de salmão parisiense

  • 3 A preparação de pratos “Bellevue” envolve a cobertura de carnes e aves com geleia.

11- Filé bovino ao molho Bellevue3

12- Pão de patinhos de Rouen

13- Frango de Bresse assado

14- Ballotines de faisão Saint-Hubert

15- Salada Potel4

16- Sorvete de Condés

17- Sobremesas

18Quanto aos vinhos, foram servidas 39.000 garrafas, incluindo 1.500 de champanhe:

19- Preignac servido em jarras

20- Saint-Julien servido em jarras

21- Haut Sauternes

  • 5 Esse vinho não tem nada a ver com os vinhedos de Margaux.

22- Beaune Margaux5 Jean Calvet 1887

23- Champagne Montebello

24Os cozinheiros, garçons e outros funcionários não foram esquecidos, ganharam 3.000 litros de “gros rouge” (vinho tinto comum.

O banquete

25Os eventos do dia foram cuidadosamente planejados para garantir que a multidão de prefeitos fosse bem recebida6. A Figura 4 mostra a entrada deles no Jardin des Tuileries. Eles estavam vestidos com uma variedade de trajes: ternos pretos, casacos de campo, jaquetas bordadas e, muitas vezes, faixa de prefeito. A figura mostra um prefeito da Normandia com boné e jaleco, carregando uma mala e uma caixa de chapéu, provavelmente para se trocar antes do banquete.

26Duas tendas foram erguidas ao longo de toda a extensão das Tuileries, uma perto da rue de Rivoli e a outra na avenida central. O Presidente da República estava no centro da mesa principal, no final da tenda, no lado da Place de la Concorde, ao pé de uma plataforma decorada com bandeiras e o busto da República. À sua direita estava o Presidente do Senado e à sua esquerda o Presidente da Câmara dos Deputados.

  • 7 Souvenir de l'exposition, d'après l'Almanach Vermot, 1901, https://archive.wikiwix.com/cache/index2 (...)
  • 8 Annegret Fauser, Musical encounters at the 1889 Paris World's Fair, Rochester (New York), Universit (...)
  • 9 Cent ans de vie dans la région, t. 1 : 1900-1914, La Voix du Nord éditions, 1998, p. 37.

27Entre a mesa principal ligeiramente elevada e as primeiras mesas dos prefeitos, várias mesas foram reservadas para ministros, senadores, deputados, diretores de grandes administrações, imprensa e alguns notáveis do mundo literário e artístico7. Os prefeitos de toda a França, da Argélia e do Ultra-Mar8 eram agrupados por département9 e em ordem alfabética, o que levou a disputas sobre a precedência (por exemplo, o prefeito mais velho e o prefeito em exercício mais velho).

28Depois de seu discurso, o Presidente atravessou toda a extensão do jardim entre duas fileiras de prefeitos, que o aplaudiram “no estado de bem-estar provocado por uma digestão feliz e um bom charuto”, de acordo com a imprensa da época. O evento foi considerado tão importante que placas de bronze comemorativas foram produzidas para celebrar o fato. De um lado, havia duas alegorias femininas, uma representando Marianne (símbolo da Republica frances a) levando libações para o banquete e, do outro, a inscrição “Banquet des Tuileries offert aux maires de France sous la présidence de M. E. Loubet, Président de la République et de Waldeck Rousseau Président du Conseil Paris 22 septembre 1900”. Abaixo da inscrição, em uma cartela com ramos de carvalho e louro, foram gravadas as iniciais do nome e o sobrenome do prefeito.

29Esse banquete foi, portanto, um evento marcante, em termos de escala, da data escolhida e de seu simbolismo político e republicano. E não foi por acaso que ele tomou a forma de um banquete grandioso, pois, como todos sabem, na França os grandes eventos são comemorados à mesa. Para a surpresa divertida da mídia estrangeira, por exemplo, o centenário da receita da Tarte Tatin foi comemorado com grande pompa. Como um jornalista do jornal belga Le Soir relata de forma um tanto irônica10:

“Este ano, os conhecedores estão comemorando o centenário da Tarte Tatin. Diz-se que essa receita [...] é o resultado de um engano. As irmãs Caroline e Stéphanie Tatin deram seu nome a uma torta de maçã original. Famosa em Sologne, a torta foi inventada em Lamotte-Beuvron”.

30A mesma ironia benevolente é perceptível no texto de outro jornalista, dessa vez de um jornal canadense, La Presse11:

“Gourmets de todo o mundo ainda fazem peregrinações ao Hôtel Tatin em Lamotte-Beuvron, no coração da região de Sologne. Alguns não hesitam em ir ao cemitério para colocar um ramo de flor de macieira no túmulo de Stéphanie e Caroline, as duas princesas da torta de maçã cozinhada ao avesso”.

31A gastronomia é decididamente um assunto sério na França, e parte integrante de seu patrimônio.

Haut de page

Notes

1 Adolphe Démy, Essai historique sur les expositions universelles de Paris, Paris, A. Picard et fils, 1907, 1097 p., disponível no site https://gallica.bnf.fr/ark:/12148/bpt6k5497478z , p. 646.

2 Annegret Fauser, Musical encounters at the 1889 Paris World's Fair, Rochester (New York), University of Rochester Press, 2005, 391 p. (ISBN 1-58046-185-9), p. 108

3 A preparação de pratos “Bellevue” envolve a cobertura de carnes e aves com geleia.

4 Do nome cozinheiro, « Le plus grand banquet de tous les temps », https://poteletchabot.com/notre-maison/notre-histoire/

5 Esse vinho não tem nada a ver com os vinhedos de Margaux.

6 Worldfairs 19 févr. 2013, https://www.worldfairs.info/forum/viewtopic.php?t=2300-le-banquet-des-maires

7 Souvenir de l'exposition, d'après l'Almanach Vermot, 1901, https://archive.wikiwix.com/cache/index2.php?url=http%3A%2F%2Fwww.jetons-monnaie.net%2Fp%2Fvermot.html#federation=archive.wikiwix.com&tab=url

8 Annegret Fauser, Musical encounters at the 1889 Paris World's Fair, Rochester (New York), University of Rochester Press, 2005, 391 p. (ISBN 1-58046-185-9), p. 108

9 Cent ans de vie dans la région, t. 1 : 1900-1914, La Voix du Nord éditions, 1998, p. 37.

10 https://www.lesoir.be/art/la-tarte-tatin_t-19981204-Z0G39N.html

11 https://www.lapresse.ca/maison/cour-et-jardin/200509/08/01-867593-la-tarte-tatin-pour-celebrer-la-saison-des-pommes.php#

Haut de page

Table des illustrations

Titre Figura 1 O banquete dos prefeitos
Crédits Illustração d’Ines et Méaulle, https://fr.wikipedia.org/​wiki/​Banquet_des_maires_de_1900
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-1.jpg
Fichier image/jpeg, 91k
Titre Figura 2 O programa, o cardápio do banquete e o programa das festividades
Crédits https://fr.wikipedia.org/​wiki/​Banquet_des_maires_de_1900
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-2.jpg
Fichier image/jpeg, 323k
Titre Figura 3 Capa do programa
Crédits https://fr.wikipedia.org/​wiki/​Banquet_des_maires_de_1900
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-3.jpg
Fichier image/jpeg, 292k
Titre Figura 4 A chegada dos prefeitos
Crédits banquetmaires-01.jpg, https://www.worldfairs.info/​forum/​viewtopic.php?t=2300-le-banquet-des-maires
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-4.jpg
Fichier image/jpeg, 80k
Titre Figura 5 A preparação da mesa
Crédits banquetmaires-02.jpg, https://www.worldfairs.info/​forum/​viewtopic.php?t=2300-le-banquet-des-maires
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-5.jpg
Fichier image/jpeg, 313k
Titre Figura 6 O banquete em andamento
Crédits banquetmaires-04.jpg, https://www.worldfairs.info/​forum/​viewtopic.php?t=2300-le-banquet-des-maires
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/52983/img-6.jpg
Fichier image/jpeg, 273k
Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « O banquete dos prefeitos de 1900 »Confins [En ligne], 60 | 2023, mis en ligne le 24 septembre 2023, consulté le 24 février 2024. URL : http://journals.openedition.org/confins/52983 ; DOI : https://doi.org/10.4000/confins.52983

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

CC-BY-NC-SA-4.0

Le texte seul est utilisable sous licence CC BY-NC-SA 4.0. Les autres éléments (illustrations, fichiers annexes importés) sont « Tous droits réservés », sauf mention contraire.

Haut de page
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search