Navigation – Plan du site

AccueilNuméros62Confins em 2023

Confins em 2023

Confins en 2023
Confins in 2023
Confins
Traduction(s) :
Confins en 2023 [fr]

Texte intégral

1Como todos os anos, o lançamento da primeira edição do ano é uma ocasião para fazer um balanço da circulação da revista no ano anterior. Mas, desta vez, poderemos ir além, pois 2023 foi o primeiro ano completo de disponibilidade das estatísticas do Mamoto (que substituiu o sistema anterior em julho de 2022) e, desta vez, temos mais informações sobre as visitas ao site da revista. Portanto, nós as usamos para dois tipos de análise: primeiro, mapas do número de acessos de cada país do mundo e, em seguida, uma tabela dos artigos com o maior número de acessos ao longo do ano.

Mapas do número de leitores

2Um dos novos recursos do novo sistema estatístico é que, além do número de páginas visualizadas (que era o indicador que usávamos até agora), ele fornece informações sobre o número de ações realizadas pelos leitores enquanto estão no site. Esse é o indicador usado na Figura 1, que tem a vantagem de mostrar com mais clareza do que o anterior o que está acontecendo em outros países além do Brasil e da França, cuja preponderância até agora “apagava” a contribuição de outros países do mundo.

3Em particular, o mapa mostra que em alguns países asiáticos, principalmente na Índia e na Coreia do Sul, os leitores realizam muitas ações durante suas visitas, embora o número de ações por milhão de habitantes seja limitado. Por outro lado, em países africanos (especialmente na África Ocidental) menos ações são combinadas com um alto número de visitas por milhão de habitantes.

Figura 1 Número de ações por país e visitas por milhão de habitantes no site da Confins

Figura 1 Número de ações por país e visitas por milhão de habitantes no site da Confins

4Para construir a Figura 2, optamos por deixar de fora os países em que a revista tem o maior número de leitores (Brasil, França e Portugal), justamente para que pudéssemos observar mais facilmente o que está acontecendo nos demais. Os Estados Unidos, Angola e Moçambique (dois países de língua portuguesa), os países do Magrebe e a África Ocidental (países de língua francesa) se destacam: a possibilidade de acesso on-line gratuito a uma revista cujos principais idiomas de publicação são o português e o francês explica essa concentração. Entretanto, os países de língua espanhola da América Latina também estão muito presentes, assim como a maioria dos países europeus, mesmo que o tempo gasto no site por visita seja um pouco mais limitado.

Figura 2 Visitantes por país (excluindo Brasil, França e Portugal) e número de ações por visita ao site da Confins

Figura 2 Visitantes por país (excluindo Brasil, França e Portugal) e número de ações por visita ao site da Confins

5Também estávamos curiosos para descobrir onde a revista não teve leitores em 2023, ou seja, nenhum acesso no site vindo de um determinado país. Esses países estão indicados por pontos pretos na Figura 2 e, no total, representam pouco mais de 78 milhões dos quase 8 bilhões de habitantes do planeta.

6Entre eles, os únicos países com mais de um milhão de habitantes são, em ordem decrescente de população, o Sudão, a Coreia do Norte, o Tajiquistão e a Eritreia, cujos habitantes não têm acesso à Web ou, compreensivelmente, tem preocupações mais urgentes do que ler nossa revista. Aqueles com menos de um milhão de habitantes são, além do Saara Ocidental, San Marino e Cidade do Vaticano, ilhas pouco povoadas no Pacífico, Atlântico, Oceano Índico e Caribe.

Artigos mais populares

7Passando de uma abordagem global por país para uma análise artigo por artigo, extraímos dos dados disponíveis aqueles que tiveram o maior número de visualizações de páginas em 2023. A Tabela 1 lista todos os artigos que tiveram mais de 5.000 visualizações de página (e - esperamos - foram lidos com atenção), o que é o caso de 22 deles.

8A característica mais marcante dessa lista é a diversidade dos textos que atraíram a atenção de nossos leitores, seja pelo tema, pelo tipo de abordagem (ambiental, social, econômica, cultural), pelo idioma em que foram escritos ou pela escala dos territórios analisados, desde o mundo inteiro até estudos microlocais: como um dos princípios fundadores da Confins é abrir suas colunas para uma variedade muito grande de temas e abordagens, só podemos nos congratular com isso.

Tabela 1 Artigos mais populares em 2023

Rank

Titulo

Autor/a/s

DOI

Vistas

Tempo (segundos)

1

Religiões no Brasil em 2010

René Somain

https://doi.org/​10.4000/​confins.7785

17 205

757 446

2

Guiana francesa, um território europeu e caribenho em via de “sul-americanização”?

Stéphane Granger

https://doi.org/​10.4000/​confins.5003

14 060

205 601

3

A cidade de São Paulo e seus rios: uma história repleta de paradoxos

Isabel Cristina Moroz-Caccia Gouveia

https://doi.org/​10.4000/​confins.10884

13 903

874 995

4

Orientação metodológica para construção e leitura de mapas temáticos

Rosely Sampaio Archela et Hervé Théry

https://doi.org/​10.4000/​confins.3483

12 575

795 243

5

Mapas em representação tridimensional

Alessandra Souza

https://doi.org/​10.4000/​confins.31886

11 418

410 935

6

Les 32 plus grandes agglomérations du monde : comment l’urbanisation repousse-t-elle ses limites ?

Cathy Chatel et François Moriconi-Ebrard

https://doi.org/​10.4000/​confins.15522

11 349

331 775

7

Uma geografia dos Yanomami

René Somain

https://doi.org/​10.4000/​confins.7010

9 447

287 265

8

As rodovias na Amazônia: uma discussão geopolítica

Thiago Oliveira Neto

https://doi.org/​10.4000/​confins.21176

8 869

634 398

9

Acumulação primitiva: um processo atuante na sociedade contemporânea

Sandra Lencioni

https://doi.org/​10.4000/​confins.7424

7 783

369 542

10

Fronteiras terrestres da Espanha: os enclaves e as disputas geopolíticas

Camilo Pereira Carneiro Filho et João Lucas Zanoni

https://doi.org/​10.4000/​confins.33277

7 006

98 875

11

Estados brasileiros e países do mundo

René Somain

https://doi.org/​10.4000/​confins.9907

6 574

130 909

12

Regionalização e Planejamento no Rio Grande do Norte

Jane Roberta de Assis Barbosa, Diego Tenório Paz et Aldo Dantas

https://doi.org/​10.4000/​confins.12363

6 585

277 417

13

Du tourisme de masse au tourisme durable ?

Claire Weishar

https://doi.org/​10.4000/​confins.39982

6 466

336 472

14

Territórios africanos: colonização ímpia, descolonização cruel e globalização perversa

Romualdo Pessoa Campos Filho, Natália Müller de Deus et Maria Angélica de Sousa Santos

https://doi.org/​10.4000/​confins.37649

5 975

247 964

15

Migrantes Nordestinos na Região Metropolitana de São Paulo: características socioeconômicas e distribuição espacial

Maria das Neves Medeiros de Melo et Wilson Fusco

https://doi.org/​10.4000/​confins.19451

6 212

377 290

16

Integração regional, regionalização, regionalismo: as palavras e as coisas

Yann Richard

https://doi.org/​10.4000/​confins.8939

6 036

346 391

17

Relevo do Estado de São Paulo

Marcello Martinelli

https://doi.org/​10.4000/​confins.6168

6 249

380 427

18

Os tipos de climas anuais no Brasil: uma aplicação da classificação de Köppen de 1961 a 2015

Vincent Dubreuil, Karime Pechutti Fante, Olivier Planchon et João Lima Sant'anna Neto

https://doi.org/​10.4000/​confins.15738

5 444

318 842

19

Le plan de métro de Paris revisité

Gustave Fulgence

https://doi.org/​10.4000/​confins.11869

5 262

86 166

20

O urbano no Rio Grande do Norte: uma realidade diversa

Rita de Cássia da Conceição Gomes

https://doi.org/​10.4000/​confins.12382

5 174

205 690

21

O Amapá e a Guiana francesa sob a ótica do corredor transfronteiriço

José Alberto Tostes et José Francisco de Carvalho Ferreira

https://doi.org/​10.4000/​confins.15738

5 017

151 164

9Fonte : Matomo / Open Edition

Haut de page

Table des illustrations

Titre Figura 1 Número de ações por país e visitas por milhão de habitantes no site da Confins
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/57069/img-1.jpg
Fichier image/jpeg, 256k
Titre Figura 2 Visitantes por país (excluindo Brasil, França e Portugal) e número de ações por visita ao site da Confins
URL http://journals.openedition.org/confins/docannexe/image/57069/img-2.jpg
Fichier image/jpeg, 251k
Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « Confins em 2023 »Confins [En ligne], 62 | 2024, mis en ligne le 30 mars 2024, consulté le 20 avril 2024. URL : http://journals.openedition.org/confins/57069 ; DOI : https://doi.org/10.4000/confins.57069

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

CC-BY-NC-SA-4.0

Le texte seul est utilisable sous licence CC BY-NC-SA 4.0. Les autres éléments (illustrations, fichiers annexes importés) sont « Tous droits réservés », sauf mention contraire.

Haut de page
Search OpenEdition Search

You will be redirected to OpenEdition Search