Navegação – Mapa do site

InícioChamadas de artigosChamadas fechadasVol. 33 | Epistemologia e Metodol...

Vol. 33 | Epistemologia e Metodologias em Comunicação

Data limite de submissão: 30 de novembro de 2017

Editores

  • Sandra Marinho (marinho[at]ics.uminho.pt) - Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS), Universidade do Minho, Portugal

  • Miguel Vicente Mariño (miguelvm[at]soc.uva.es) - Faculdade de Ciências Sociais, Jurídicas e da Comunicação, Universidade de Valladolid, Espanha

O campo das Metodologias é, cada vez mais, encarado com um espaço de diálogo, por vezes de tensão, entre os diversos paradigmas (ou abordagens) de investigação e teorias da comunicação. Quando consideramos o vasto campo que articula, constituído pela epistemologia e filosofia da ciência, pela ética e pela vertente mais operativa dos métodos e das técnicas, temos um espaço amplo de reflexão acerca dos seus usos e potencialidades, mas também dos desafios que todas estas dimensões colocam a quem investiga em comunicação.

O reconhecimento da importância das Metodologias de Investigação pode ocorrer também no âmbito do ensino da comunicação, ao nível dos cursos de primeiro, segundo e terceiro ciclo (licenciatura, mestrado e doutoramento) que integrem unidades curriculares desta natureza nos seus planos de estudo, uma realidade que, todavia, poderá variar consoante os contextos. Quando este reconhecimento ocorre, a existência de Unidades Curriculares dedicadas à Metodologia e as abordagens que favorecem são testemunho, muitas vezes, da orientação epistemológica que preside à criação dos planos de estudo dos cursos e da forma como se enquadram no campo das ciências sociais e humanas. Também aqui é relevante ter em conta as experiências e desafios de quem organiza os programas curriculares e ensina nesta área.

Neste volume, pretendemos abrir espaço a ambas as realidades – a do ensino e a da investigação – em que podem ser debatidas e operacionalizadas as Metodologias de Investigação quer sob a forma de textos eminentemente teóricos, quer através de artigos que relatem e discutam trabalhos empíricos ou experiências de ensino e investigação. Procura-se ainda acolher a diversidade de posicionamentos epistemológicos que caracterizam o campo. Como tal, apela-se à submissão de propostas em torno dos seguintes temas:

  • as orientações epistemológicas da investigação em Comunicação (teses de doutoramento, projetos de investigação, artigos científicos, etc.) ou do ensino da Metodologia de Investigação nos cursos de Comunicação;

  • os desafios/dificuldades colocados pela Metodologia na investigação e/ou ensino em Comunicação;

  • diálogo, ou a sua ausência, da Metodologia com outras áreas científicas, tanto das Ciências Sociais e Humanidades como de áreas mais técnicas, como a Engenharia;

  • a relação entre a Metodologia e as outras Unidades Curriculares que compõem os planos de estudos dos cursos de Comunicação;

  • os desafios/dificuldades encontrados no uso/aplicação de determinados métodos e técnicas na investigação em Comunicação;

  • as dificuldades que surgem durante as fases de produção e análise de dados nos processos de pesquisa, exponenciadas pelo crescente volume de informação disponível para ser analisada pelas equipas de investigação (Big Data);

  • a transição da Metodologia e dos métodos de investigação do contexto “analógico” para o espaço digital;

  • a reflexão e a análise crítica acerca do papel que desempenham os dispositivos informáticos nos processos de pesquisa social em comunicação;

  • questões éticas suscitadas pela investigação em Comunicação;

  • outros tópicos, desde que relacionados com o campo da Metodologia na investigação ou no ensino em Comunicação.

Comunicação e Sociedade é uma revista indexada arbitrada por pares e opera num processo de dupla revisão cega: http://revistacomsoc.pt/index.php/comsoc/about

Os trabalhos submetidos devem obedecer a um princípio de originalidade, não podendo ter sido publicados na íntegra ou em parte noutras revistas ou obras científicas. Os originais serão distribuídos por revisores (dois por cada trabalho) que os avaliarão de acordo com a qualidade académica, originalidade e relevância para os objetivos e âmbito da temática desta edição da revista.

Comunicação e Sociedade é uma revista bilingue, que publica todos os textos em Português e em Inglês, embora no momento da submissão e até comunicação de aceitação para publicação os autores possam submeter os seus trabalhos em apenas uma destas línguas. A revista aceita textos que resultem de trabalhos de investigação fundamental e/ou aplicada, ensaios e recensões de obras académicas dedicadas ao tema do número em questão.

Submissão

Os originais deverão ser enviados em formato Word para cecs[at]ics.uminho.pt com conhecimento (cc) para os coordenadores do número: Sandra Marinho (marinho[at]ics.uminho.pt) e Miguel Vicente Mariño (miguelvm[at]soc.uva.es). No ASSUNTO da mensagem, os autores deverão escrever: Comunicação e Sociedade – número 33.

Regras editoriais

As normas de citação deverão ser consultadas no Manual de Publicações do CECS, disponível em http://www.cecs.uminho.pt/wp-content/uploads/2017/03/manualestilo.pdf

Línguas

Português e Inglês. A tradução para a segunda língua é da responsabilidade dos autores, podendo a sua entrega ser feita apenas após a confirmação de aceitação para publicação.

Datas importantes

  • Data limite de submissão: 30 de novembro de 2017

  • Comunicação de aceitação: 15 de março de 2018

  • Data limite para envio da versão traduzida: 15 de abril de 2018

Prevê-se que este número seja publicado em junho de 2018

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search