Navegação – Mapa do site
Varia

Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic) – Porto, 1 de abril de 2019

Paula Pinto Costa

Notas da redacção

Data recepção do artigo / Received for publication: 10 de abril de 2019

Texto integral

1O seminário Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic), organizado pelo CEPESE, enquadrou-se nas atividades do grupo de investigação “Poderes, elites e relações sociais”, que tem entre os seus objetivos o desenvolvimento de estudos sobre as Ordens Militares, a aristocracia e as sociedades políticas. Considerando o relevante papel desempenhado pela guerra em tempos medievais, nomeadamente em territórios periféricos, bem como as excelentes relações científicas que se têm vindo a intensificar entre determinados investigadores da Universidade do Porto e da Universidade de Estocolmo, foi projetado este seminário. As áreas alvo da reflexão são a Península Ibérica e o Báltico. Assim, seis investigadores portugueses (da Universidade do Porto, da Universidade do Algarve, do CEPESE e do IEM) e quatro suecos partilharam uma importante base de discussão sobre a temática, reforçaram o trabalho colaborativo de investigação e promoveram o alargamento de horizontes sobre o tema.

2O programa científico contou com duas sessões. Na primeira discutiram-se as iniciativas promotoras da guerra, entrando em linha de conta com o papel da monarquia, de vários poderes sociais e das estruturas locais. A segunda sessão, por sua vez, foi orientada para a reflexão sobre as interpretações que as Ordens Militares fizeram da guerra em territórios periféricos.

3A prática da guerra na Idade Média tem despertado um interesse crescente na historiografia europeia. A complexidade do estudo da guerra tem acompanhado esta tendência, deixando de se reduzir a uma simples narrativa de acontecimentos para se converter em abordagens multifacetadas. Neste sentido, o seminário apresentou linhas metodológicas focadas em diversos fatores, como as motivações coletivas ou individuais, a identificação das iniciativas e as interpretações da prática da guerra. Com o propósito de enriquecer as abordagens que têm sido feitas e de acrescentar conhecimento novo, o alvo do debate centrou-se em aspetos mais inovadores. O destaque recaiu sobre a organização, o financiamento, o recrutamento rural / urbano e a mobilização para a guerra. A inclusão de uma sessão sobre o papel das Ordens Militares ao nível da guerra visou debater o seu posicionamento face a estas questões, bem como o impacto da guerra travada em territórios periféricos sobre as formas de legitimação do Oriente Latino.

Topo da página

Para citar este artigo

Referência eletrónica

Paula Pinto Costa, « Motivations in medieval war: a comparative approach between two territorial peripheries (Iberia and Baltic) – Porto, 1 de abril de 2019 », Medievalista [Online], 26 | 2019, posto online no dia 27 julho 2019, consultado no dia 17 setembro 2019. URL : http://journals.openedition.org/medievalista/2761

Topo da página

Autor

Paula Pinto Costa

Departamento de História e de Estudos Políticos e Internacionais, Faculdade de Letras, Universidade do Porto, 4150-564, Porto, Portugal

ppinto@letras.up.pt

Artigos do mesmo autor

Topo da página

Direitos de autor

© IEM

Topo da página
  • Logo Instituto de Estudos Medievais
  • Logo Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • Logo Faculdade de Ciências Sociais e Humanas - UNL
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • OpenEdition Journals