Navegação – Mapa do site

InícioNúmeros29EditorialEditorial

Editorial

Editorial

Ana Letícia de Fiori e Juliana Caruso

Texto integral

1O segundo semestre de 2021 trouxe um endurecimento ainda maior das condições para conduzir e divulgar pesquisas no Brasil. O obscurantismo e o negacionismo que se tornaram política de Estado em diferentes esferas se materializa no corte crítico de verbas do CNPq, nas ingerências realizadas na CAPES que levaram à renúncia de mais de uma centena de pesquisadoras e pesquisadores, na contínua perda de autonomia das universidades e na sistemática desacreditação e mesmo perseguição de pesquisadoras e pesquisadores das mais diferentes áreas. E, se as humanidades sofrem particular impacto nesse cenário, na mesma proporção aumenta seu dever em oferecer descrições e análises criteriosas dos fenômenos sociais sobre os quais se detêm.

2Esta edição da Revista Ponto.Urbe é mais um ato de resistência da ciência brasileira em condições adversas. Mesmo sofrendo ainda os impactos das mudanças nas condições de trabalho impostas pela pandemia e o esgotamento generalizado da comunidade acadêmica, que acarretou em dilatação do tempo do fluxo editorial da revista e da comunicação com autoras, autores e pareceristas, trazemos orgulhosamente uma edição particularmente atenta às discussões sobre diferença, política e direitos humanos, com contribuições do Norte, Nordeste e Sudeste, além de um dossiê resultante de parcerias entre a Universidade de São Paulo e a Universidad Autonoma de Barcelona.

3Masculinidades, negritudes, homenagens públicas em dois legislativos e a primeira pastora transgênero, estão entre os temas que tecem este número e figuram na seção Artigos. Em Corpos em Cena: Masculinidades e Sobrevivências de Homens de Rua no Limite do Humano, Zuleika de Andrade C. Pinheiro mostra através da etnografia na Praça do Ferreira (Fortaleza/CE) como corpos,masculinidades e sociabilidades interligam-se nas sobrevivências. O artigo de Jeniffer F. Oliveira e Camila Daniel , Negritudes entre pacífico e o atlântico: um estudo sobre as representações de afroperuanidad no Rio de Janeiro traz à luz as elaborações identitárias que junto aos movimentos migratórios atravessam fronteiras nacionais. Homenagens públicas e estado: reflexões etnográficas a partir de dois legislativos municipais, artigo de Danilo César S. Pinto, revela, através de dois legislativos municipais, como a concessão de honrarias envolve processos complexos dos mecanismos estatais. Em Uma trajetória imagética: a construção de uma Pastora Trans, de Olívia A. Barbosa, Renata Nagamine e Aramis L. Silva, apresenta a trajetória da primeira pastora transgênero da América Latina e também candidata a vereadora usando imagens como principal recurso.

4Na seção Cirkula deste número 29, o centro Histórico de Manaus em suas diversas percepções nos é apresentado a partir do olhar das autoras Maria Luiza M. Degan, Luciane V. N. Páscoa e Maria E. do Nascimento. O artigo, intitulado “ Cultura e urbanidade no Centro Histórico de Manaus: um estudo espacial e sensorial” explora as sensibilidades e percursos neste centro .

5Também neste número, contamos com a contribuição na seção Etnográficas de Débora Cajé Yamamoto, escrevendo sobre “Mobilizações feministas na internet e a formação de redes de solidariedade online”.

6Decorrente de um frutífero encontro entre antropólogas e antropólogos da Universidade Autônoma de Barcelona (UAB) e da Universidade de São Paulo (USP), o dossiê Política e diferença: miradas antropológicas para o século 21, coordenado por Silvana de Souza Nascimento e Virginia Fons reúne trabalhos apresentados na última edição do seminário realizado entre estudantes de pós-graduação das duas universidades. O dossiê é composto por seis artigos de estudantes da UAB, tratando de questões da pandemia de Covid-19, movimentos sociais, políticas públicas, violências institucionais e corporalidades.

7Para a seção de Traduções, temos a contribuição de nossa editora da seção de Ensaios Etnográficos Mariane Pisani, para outro de seus campos de atuação, os Estudos dos Esportes. O artigo traduzido é “Estudos de gênero e esportes: uma perspectiva histórica”, de Susan Bandy, que elabora uma extensa revisão de como gênero se torna um conceito e uma agenda de pesquisas no seio das diferentes disciplinas que investigam práticas esportivas, em densa relação com o avanço do debate das correntes feministas e dos Estudos de Gênero.

8Na seção Ensaios Fotográficos, as lentes captaram em três cidades, diferentes e importantes temas. A transformação de uma rua no bairro do Botafogo, na cidade do Rio de Janeiro é tema do ensaio Rua Fernandes Guimarães: novos negócios e novas sociabilidades em uma rua do SohoBotafogo , realizado por Sílvia Borges Corrêa e Veranise Jacubowski Correia Dubeux. Em “Mito mata”: pichações e cartazes de rua na São Paulo pandêmica, de Letícia Zanon Yokoi e Marcelo Yokoi, foram registradas, durante o primeiro semestre de 2021, diferentes manifestações artísticas nas ruas de São Paulo capital relacionadas ao Covid-19. Muitas das imagens criticam a ausência de gestão da crise. E no ensaio As Ruínas e as Torres: transitando entre os edifícios do Recife de Marcos Cesar Martins Pereira, as imagens seguem um caminho que parte do centro histórico de Recife até os bairros da zona sul, revelando ruínas e edifícios que interligam diferentes tensões e tempos recifenses.

9Esperamos que as leituras sejam proveitosas, que proporcionem bons momentos aos nossos leitores e leitoras. Gostaríamos de dizer que continuamos expressando toda a nossa solidariedade nesta crise sanitária, especialmente neste ano difícil que se encerra, com diversas cidades afetadas pelas chuvas. Desejamos para o próximo ano que todas, todes e todos tenham força, saúde, resiliência e esperança.

Topo da página

Para citar este artigo

Referência eletrónica

Ana Letícia de Fiori e Juliana Caruso, «Editorial»Ponto Urbe [Online], 29 | 2021, posto online no dia 27 dezembro 2021, consultado o 20 maio 2022. URL: http://journals.openedition.org/pontourbe/11524; DOI: https://doi.org/10.4000/pontourbe.11524

Topo da página

Autores

Ana Letícia de Fiori

Professora do Curso de Ciências Sociais da Universidade Federal do Acre.
E-mail: morgotia@gmail.com

Artigos do mesmo autor

Juliana Caruso

Pesquisadora associada ao HYBRIS (Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Relações de Poder, Conflitos, Socialidades ) PPGASUSP-; LAPOD (Laboratório de Estudos Pós-Disciplinares) IEB/USP
E-mail: ju.limacaruso@gmail.com

Artigos do mesmo autor

Topo da página

Direitos de autor

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

Topo da página
Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search