Navegação – Mapa do site
Ensaios Fotográficos

Do Outro Lado do Muro: Expressões nas Paredes de um Hospital Psiquiátrico

From Other Side of the Wall: Expressions on the Walls of a Psychiatric Hospital
Mário Eugênio Saretta

Texto integral

1Em 1884, o Hospício São Pedro foi inaugurado em Porto Alegre. Somente uma década teve início a conexão com a cidade pelo transporte público por meio de um terminal de bonde. A construção dos pavilhões de arquitetura neoclássica chegou a ser um cartão postal da cidade na primeira década do século XX (Cheuiche 2004: 120).

2Ao longo do século, o hospício se transformou em hospital psiquiátrico. Desde 1990, ocorre em seu interior uma Oficina de Criatividade destinada à prática de pintura, escrita, bordado e escultura. No início dessas atividades, alguns moradores se utilizavam da expressão “lá no São Pedro” para se referir ao espaço da instituição exterior a esse ambiente (Neubarth 2009:19). Um dos marcadores visuais mais evidentes são as cores das paredes em contraste com as paredes brancas dos demais pavilhões à sua volta. Quando questionei Miguel se ele gostava daquele espaço, o ex-morador do hospital psiquiátrico se referiu imediatamente às “paredes pintadas de tinta”.

3Na Oficina de Criatividade, as pinturas não se restringiam às telas: muitos participantes escolheram as paredes para se expressarem. Astrogildo um dia declarou: “Riscar é um modo de não morrer à míngua” (Astrogildo apud Neubarth 2009:99). Em 2001, por ocasião da 3a Bienal do Mercosul, evento de arte contemporânea, o local foi um dos espaços escolhidos para a realização de performances e intervenções artísticas em suas paredes. Outros riscos, palavras e desenhos se somaram com autoria indefinida. No entanto, a estrutura imponente onde realizava-se as atividades foi interditada em função de risco de desabamento em 2017 e os ateliês foram transferidos para outro prédio, quase ao lado. Uma das primeiras demandas de participantes foi começar a pintar as paredes do novo local.

4A narrativa fotográfica aqui apresentada é composta por imagens que realizei entre 2010 e 2015, período que engloba a pesquisa etnográfica que realizei na Oficina de Criatividade (Saretta 2015). As marcas de tinta se misturam ao musgo, às rachaduras e ao desgaste provocado pelas intempéries. Alguns escritos explicitam a citação de autores literários, o que sugere autoria provável de estagiários que se sentiram impelidos a também comporem aquele território existencial. Assim, as diferentes expressões indicam modos de habitar esse ambiente do hospital que foi hospício. Cada traço é um gesto; e cada gesto, um testemunho.

2010: Pilares ao lado da Oficina de Criatividade

2015 – Para lê-las

2013 – Identidade

2014: Intervenções

2013 – Fazendo Algo

2015 – Resquícios

Topo da página

Bibliografia

CHEUICHE, Edson Medeiros. 120 anos do Hospital Psiquiátrico São Pedro: um pouco de sua história. Revista de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, v.26 n.2, pp. 119-120, 2004.

NEUBARTH, Barbara Elisabeth. No fim da Linha do Bonde, um Tapete Voa-dor: a Oficina de Criatividade do Hospital Psiquiátrico São Pedro (1990-2008): inventário de uma práxis. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 281 f. + Anexos, 2009.

SARETTA, Mário Eugênio. Terceira Margem do Hospital Psiquiátrico: Ética, Etnografia e Alteridade. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Programa de Pós-graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, p.127, 2015.

Topo da página

Índice das ilustrações

Legenda 2010: Pilares ao lado da Oficina de Criatividade
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-1.jpg
Ficheiros image/jpeg, 68k
Legenda 2015 – Para lê-las
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-2.jpg
Ficheiros image/jpeg, 84k
Legenda 2015 – Pátio
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-3.jpg
Ficheiros image/jpeg, 88k
Legenda 2013 – Identidade
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-4.jpg
Ficheiros image/jpeg, 152k
Legenda 2014: Intervenções
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-5.jpg
Ficheiros image/jpeg, 120k
Legenda 2013 – Fazendo Algo
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-6.jpg
Ficheiros image/jpeg, 100k
Legenda 2015 – Camadas
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-7.jpg
Ficheiros image/jpeg, 124k
Legenda 2015 – Autoria
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-8.jpg
Ficheiros image/jpeg, 116k
Legenda 2015 – Resquícios
URL http://journals.openedition.org/pontourbe/docannexe/image/7520/img-9.jpg
Ficheiros image/jpeg, 108k
Topo da página

Para citar este artigo

Referência eletrónica

Mário Eugênio Saretta, « Do Outro Lado do Muro: Expressões nas Paredes de um Hospital Psiquiátrico », Ponto Urbe [Online], 25 | 2019, posto online no dia 25 dezembro 2019, consultado o 23 janeiro 2020. URL : http://journals.openedition.org/pontourbe/7520 ; DOI : 10.4000/pontourbe.7520

Topo da página

Autor

Mário Eugênio Saretta

Doutor em Antropologia Social pela UFRGS

Topo da página

Direitos de autor

© NAU

Topo da página
  • Logo Núcleo de Antropologia Urbana da USP
  • Logo Universidade de São Paulo
  • OpenEdition Journals