Navigation – Plan du site

AccueilLa revueProcesso de submissão e avaliação

Processo de submissão e avaliação

Processo de Avaliação pelos Pares

Revista Brasileira de Estudos da Presença recebe tanto propostas de textos individuais quanto proposições de seções temáticas. Ambos são avaliados pelo princípio da avaliação cega por pares, ou seja, a partir de pareceres de, pelo menos, dois especialistas de Estados ou países diferentes do Estado ou país do autor.

A revista aceita textos sob a forma de artigos científicos, evitando receber para avaliação textos que sejam:

  • apenas projetos de pesquisa ou relatórios

  • somente revisão de literatura; recortes de trabalhos acadêmicos sem adaptação

  • relato de experiência sem discussão teórica aprofundada

  • incompletos ou insuficientemente elaborados para a temática que propõem

  • fora da área das Artes Cênicas e das áreas correlatas

  • escritos de maneira não acadêmica ou que contenham muitos erros de linguagem e digitação

  • formatados a partir de regras diferentes das praticadas pela revista.

A revista publica, ainda, ensaios, em função da importância que esse tipo de texto tem para a área, além de documentos de artistas, ou seja, textos livres, experimentais, poéticos ou em outras formas.

Os textos a serem avaliados passam por três fases. Na primeira fase, o texto é encaminhado a dois pareceristas do conselho editorial ou a pareceristas ad hoc, (especialistas na área ou na abordagem do artigo em avaliação). Na segunda fase, os editores encaminham os textos que obtiveram dois pareceres favoráveis à publicação; devolvem aos autores os textos que obtiveram dois pareceres desfavoráveis; encaminham a um terceiro avaliador os textos que possuem dúvida ou contra-senso na avaliação; e, enviam aos autores os textos os quais os avaliadores fizeram sugestões de modificações como condição para publicação, dando um prazo de 30 dias para tais reformulações. A terceira fase consiste na avaliação das modificações feitas pelos autores, quando isso for necessário, e no encaminhamento dos textos aprovados para a revisão da linguagem e para a normalização. No intuito de fazer avançar a produção da área, todas as fases de avaliação estão acompanhadas de pareceres descritivos.

A proposição de seção temática pode ser feita por um pesquisador que deve enviar de seis a dez textos, sendo, no mínimo, um texto de autor vinculado a instituição estrangeira. A seção deve possuir uma temática clara e diversidade de abordagens e vir apresentada pelo organizador, além dela reunir textos de pesquisadores de diferentes instituições, tendo, no máximo, um texto por autor ou co-autor. O processo de avaliação das seções temáticas propostas segue o mesmo dos artigos individuais, conforme descrito acima.

A revista pode, ainda, no sentido de incitar determinadas temáticas, convidar pesquisadores para enviar textos, em proporção bem inferior aos textos avaliados e sob a condição de se tratar de contribuição importante para a área. A revista aceita artigos a partir de comunicações de pesquisa já publicadas em Anais de eventos, desde que sejam substancialmente revistos e aumentados.

Não há taxas para submissão e avaliação de artigos.

Rechercher dans OpenEdition Search

Vous allez être redirigé vers OpenEdition Search