Navigation – Plan du site
Espaço Virtual

Título da página eletrónica: Observatorio de la Violencia de Género contra la Mujer

Tatiana Moura, Júlia Garraio et Sílvia Roque
p. 205-206

Texte intégral

1O Observatorio de la Violencia de Género contra la Mujer é da responsabilidade da Organização de Mulheres Salvadorenhas (ORMUSA), uma ONG feminista que trabalha, formalmente desde 1985, em prol da igualdade e justiça entre os sexos no país. Dedica‑se à sistematização e divulgação de dados sobre vários tipos de violência contra as mulheres em El Salvador (feminicídios, violência sexual, intrafamiliar e social), baseando‑se nos relatórios da polícia, do instituto de medicina legal e na observação dos meios de comunicação social, assim como na investigação sobre políticas públicas. Promove também a formulação de propostas de estratégias de prevenção da violência contra as mulheres. É um espaço constantemente atualizado, com indicadores detalhados e relativos a vários anos, que facilita o trabalho de investigação, quer académica, quer ativista. Têm várias publicações entre as quais resumos informativos dos dados recolhidos cada dois ou três meses, ou ainda análises mais abrangentes sobre temas específicos.

Haut de page

Pour citer cet article

Référence papier

Tatiana Moura, Júlia Garraio et Sílvia Roque, « Título da página eletrónica: Observatorio de la Violencia de Género contra la Mujer  »Revista Crítica de Ciências Sociais, 96 | 2012, 205-206.

Référence électronique

Tatiana Moura, Júlia Garraio et Sílvia Roque, « Título da página eletrónica: Observatorio de la Violencia de Género contra la Mujer  »Revista Crítica de Ciências Sociais [En ligne], 96 | 2012, mis en ligne le 15 février 2013, consulté le 08 août 2020. URL : http://journals.openedition.org/rccs/4885

Haut de page

Auteurs

Tatiana Moura

Desde Setembro de 2011, é Diretora executiva do Instituto Promundo, organização não‑governamental brasileira com escritórios no Rio de Janeiro (Brasil), em Washington, DC (Estados Unidos) e em Kigali (Ruanda), cuja missão é promover masculinidades e relações de género  não‑violentas e equitativas no Brasil e internacionalmente. Cocoordena, desde 2008, o Observatório sobre Género e Violência Armada – OGiVA, no Centro de Estudos Sociais, onde também é investigadora. Licenciada em Relações Internacionais pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, tem o grau de mestre em Sociologia pela mesma Faculdade e é doutorada em Paz, Conflitos e Democracia pela Universidade Jaume I (Espanha). Os seus interesses de investigação centram‑se em questões relacionadas com transformações de masculinidades violentas em contextos de pós‑conflito e violência armada urbana, e feminismo das Relações Internacionais. Nos últimos anos tem coordenado projetos sobre jovens em contextos de violência armada, em particular na América Latina. Em 2009 publicou Auto de resistência. Relatos de familiares de vítimas da violência armada (7Letras) e, em 2010, Novíssimas guerras. Espaços, identidades e espirais da violência armada (Coimbra: CES/Almedina).
tatiana@ces.uc.pt

Articles du même auteur

Júlia Garraio

Investigadora do Centro de Estudos Sociais, onde integra o Núcleo de Estudos sobre Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz (NHUMEP). Desenvolve desde 2007 um projeto de pós‑doutoramento sobre a representação literária e cinematográfica das violações de mulheres alemãs por membros das forças aliadas na Segunda Guerra Mundial. É membro da rede internacional Sexual Violence in Armed Conflict (SVAC) e, desde 2011, é coordenadora da publicação Oficina do CES (http://www.ces.uc.pt/publicacoes/oficina/).
juliaga@gmail.com

Articles du même auteur

Sílvia Roque

É investigadora do Centro de Estudos Sociais e doutoranda em Relações Internacionais na Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, desenvolvendo uma tese sobre percursos de violência em países que atravessaram um conflito armado. Desde 2005 participa em projetos de investigação na área dos Estudos para a Paz, na Guiné‑Bissau e em El Salvador. Os seus interesses atuais incluem a violência juvenil, a violência contra as mulheres e a participação das mesmas em grupos violentos e a forma como estes temas são tratados nas agendas internacionais de segurança e “construção” da paz. Principais publicações: Pureza, José Manuel; Roque; Sílvia; Cardoso, Kátia (orgs.), Jovens e trajectórias de violências. Os caos de Bissau e da Praia (Coimbra: CES/Almedina, 2012) e Roque, Sílvia, Um retrato da violência contra mulheres na Guiné‑Bissau (Bissau: Governo da Guiné‑Bissau/Organização das Nações Unidas, 2011).
silviar@ces.uc.pt

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

Licença Creative Commons CC BY 3.0

Haut de page
  • Logo Centro de Estudos Sociais
  • Logo Universidade de Coimbra
  • Logo Universidade de Coimbra - Património Mundial em 2013
  • Logo Compete 2020
  • Logo Portugal 2020
  • Logo Fundos Europeus Estruturais e de Investimento
  • Logo Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • OpenEdition Journals