Navegação – Mapa do site
Espaço Virtual

Título da página electrónica: Projecto AmaZone – A Onça, a diferença e o pensamento ameríndio: uma construção contra-hegemónica e colectiva

Túlio de Souza Muniz
p. 220

Texto integral

1Desde 2005, está em curso na Internet uma experiência inovadora de construção híbrida e colectiva de um pensamento filosófico baseado na vida e experiências dos povos indígenas da América do Sul e na agregação de estudos sobre e com eles. Por iniciativa do etnólogo Eduardo Viveiros de Castro, do Museu Nacional do Rio de Janeiro, o Projecto AmaZone, conforme apresentaçao do próprio site,é a migração para o formato wiki de um estudo intitulado A Onça e a Diferença, em preparação desde 1997. Essa obra versa sobre os pressupostos do pensamento indígena americano. Seu foco é a imaginação conceitual nas culturas nativas da Amazônia, e sua abordagem é antropológica”. Sem se prender num pensamento “latino-americano” essencialista, o AmaZone propõe‑se (e consegue) combater a “produção de (des)conhecimento” e evidenciar a emergência de um pensamento “ameríndio”, um dos tantos silenciados e tornados invisíveis pelo colonialismo, resultado de uma “construção da natureza como algo exterior à sociedade – uma construção estranha aos povos com que os europeus entraram em contacto”. A iniciativa de Viveiros de Castro insere-se no campo “contra-hegemónico”, enquanto projecto de livro que o autor decide abrir a um público-parceiro amplo, desdobrando a própria escrita num “pensamento-nómada […] pensamento‑outro, que louva a vida, que resiste às determinações da falta”.

Topo da página

Para citar este artigo

Referência do documento impresso

Túlio de Souza Muniz, « Título da página electrónica: Projecto AmaZone – A Onça, a diferença e o pensamento ameríndio: uma construção contra-hegemónica e colectiva », Revista Crítica de Ciências Sociais, 80 | 2008, 220.

Referência eletrónica

Túlio de Souza Muniz, « Título da página electrónica: Projecto AmaZone – A Onça, a diferença e o pensamento ameríndio: uma construção contra-hegemónica e colectiva », Revista Crítica de Ciências Sociais [Online], 80 | 2008, colocado online no dia 01 outubro 2012, criado a 23 junho 2018. URL : http://journals.openedition.org/rccs/712

Topo da página

Autor/a

Túlio de Souza Muniz

Doutorando do programa “Pós-Colonialismos e Cidadania Global” (CES/FEUC) com o apoio do Programa Alban, Programa de bolsas de alto nível da União Europeia para a América Latina.
tuliomuniz2000@yahoo.com.br

Topo da página

Direitos de autor

Licença Creative Commons CC BY 3.0

Topo da página
  • Logo Centro de Estudos Sociais
  • Logo Universidade de Coimbra
  • Logo Universidade de Coimbra - Património Mundial em 2013
  • Logo Compete 2020
  • Logo Portugal 2020
  • Logo Fundos Europeus Estruturais e de Investimento
  • Logo Fundação para a Ciência e a Tecnologia
  • OpenEdition Journals